Visão global e pessoal, sobre temas da actualidade Nacional.
publicado por João Ricardo Lopes | Domingo, 08 Novembro , 2009, 23:53

Passou-se algum tempo desde a minha última intervenção. Pouco há a dizer no que toca ao desenrolar do nosso campeonato.

Equipas do topo, ( Braga e Benfica) que vão mantendo os seus objectivos. Um FC Porto que não joga bem a nível interno, mas que apontou baterias para a Liga dos Campeões.

No meio da tabela e dai para baixo, o constante sobe desce. O ganha aqui , perde ali, empata além, etc...

Debruço-me agora com mais detalhe sobre o Sporting - O MEU SPORTING ! -.

Sendo dado adquirido  a saída de Paulo Bento, que por mim pecou por tardia, voltamos a assistir no Sporting ao desfile das personalidades que um dia são a favor outros são contra.

Mais uma vez  surgiram os  de sempre como grandes defensores, os mesmos que antes muito criticaram o então treinador Paulo Bento. É lógico que o Sporting que hoje empatou como o Rio Ave, não podia mostrar diferenças relativamente às equipas que tem apresentado até aqui. O Sr. Pontes, foi adjunto e montou a equipa à imagem e semelhança do seu antigo chefe. Nem uma alteração que fosse foi feita! Da parte dos jogadores, não vimos, mesmo que fosse por dia (jornada), atitude ganhadora. Os dois golos nascem de erros defensivos ( faz parte do futebol) e o Sporting a vencer por dois a zero, não soube agarrar com ambas as mãos este resultado. Mesmo que isso implicasse jogar feio.

Enfim! Muito há a fazer neste momento e a tarefa não se apresenta fácil. Começam a surgir nomes e mais nomes. Sabendo que o Sporting não tem um plantel bem composto, embora seja o mesmo que já jogou bem num passado recente, julgo que o treinador necessário será em primeiro lugar quem saiba e consiga devolver confiança. A cada jogador individualmente  e ao plantel como um todo. A própria massa associativa  e equipa directiva, precisa receber estímulo de alguém que venha de fora do contexto e que saiba fazê-lo. Neste pressuposto, penso que Luís Filipe Scolari tem esse perfil. Já no campo técnico táctico, André Vilas Boas é um nome a ter em grande consideração. Pelo seu passado ao lado de Mourinho, mas também pela valia individual. Sem desprezo pela Académica, mas creio não ser aí que possa desenvolver as suas aptidões.

 Vejamos o que se pa vai passar nos próximos dias.


mais sobre mim
Novembro 2009
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
13
14

16
17
19
20
21

23
24
25
26
27
28

29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO