Visão global e pessoal, sobre temas da actualidade Nacional.
publicado por João Ricardo Lopes | Quinta-feira, 10 Junho , 2010, 17:11

Caros amigos.

 

Vai começar a festa suprema do futebol!

 

Amanhã, mais ou menos por esta hora, saberemos já quem deu o primeiro pontapé de saída marcar, quem marcou o primeiro golo, quem ganhou ou perdeu o primeiro jogo, caso não haja um empate.

 

Vão iniciar-se 30 dias de tensão, emoção, sonhos, alegrias, tristezas e frustrações. Durante os próximos 30 dias, o mundo ficará suspenso do anúncio do novo campeão mundial. Deixará entre parêntesis uma boa parte dos problemas, das crises, das incertezas. A vida é isso! Quer queiram quer não. Espera-se um campeonato muito táctico e competitivo, por isso menos espectacular. Cada jogador presente, terá em em mente sempre o mesmo pensamento. O  fazer bem e melhor possível e chegar ao topo.

 

Quanto à participação Lusa, está no ar a ideia de poder fazer uma boa prestação. Por mim, não concebo a não passagem à 2ªfase. O que falta saber é se em primeiro ou segundo lugar no grupo por forma a evitar o confronto com a Espanha. Se o fizer e se alcançar os 1/8 de final, tudo será possível.

 

Poder-se-á contestar as escolhas de Carlos Queiroz. Para uns foram boas, para outros as possíveis e para outros ainda um desastre total. Mas não cabe aqui e agora entrarmos por vias trágicas e miserabilistas. Durante o tempo de permanência da Selecção em terras Africanas, devemos ter toda a esperança e crença.

 

Numa análise ao quadro de jogos e no pressuposto do melhor desempenho e da presença necessária da sorte, Portugal pode chegar longe. Pode inclusive, voltar a encontrar na final o Brasil, actual companheiro de grupo.

 

Brasil! O eterno candidato! Penta Campeão Mundial! Uma Selecção que arrasta sempre atrás de si a força e a fé de Milhões (agora mais de 170) de habitantes. Lá como cá, como em qualquer parte do mundo, as escolhas não são pacíficas. Mas lá, como deveria ser ser em qualquer parte do mundo, as divergências ficam na prateleira. Para discutir depois. Durante a prova, durante cada jogo, o Brasil une-se num só desejo. O título mundial!

 

Há 36 anos, deixei a terra que me viu nascer e me acolheu até ao 12 anos. Há 36 anos que fiz desta Pátria, também a minha Pátria. Há 36 anos que sofro com as transformações, que dou o meu contributo para o melhor possível nesta grande Nação Portuguesa.

 

Hoje, à porta de mais uma Taça do Mundo, quis o destino que as Pátrias do meu coração se encontrassem num mesmo grupo; que lutassem por um mesmo objectivo;

 

Hoje, à porta de mais uma Taça do Mundo, tenho um só desejo. Que Brasil x Portugal ou Portugal x Brasil estejam na final de 11 de Julho. Aí, sinceramente, ganhe quem ganhar, ficarei sempre feliz. Muito feliz!   


mais sobre mim
Junho 2010
D
S
T
Q
Q
S
S

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

14
17
18

21
24
26

27
29
30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO