Visão global e pessoal, sobre temas da actualidade Nacional.
publicado por João Ricardo Lopes | Sábado, 15 Setembro , 2012, 23:10

Propositadamente deixei o meu comentário à entrevista do PM, Passos Coelho, para hoje.

Ouvi  3 vezes a entrevista. Ouvi argumentos e contra argumentos. Analisei o mais fundo que pude os comentários proferidos.
Hoje, 15 de Setembro de 2012, ouvi o que faltava ouvir. Vi o que faltava ver.
Hoje, 15 de Setembro de 2012, ouvi a voz do POVO! Vi a sua INDIGNAÇÃO!

Tenho escrito, repetidamente, correndo mesmo o risco de ser chato, que entendo muitas das opções do Governo no que concerne à recuperação económica do País. Mas não consigo entender a sua visão insensível  do problema. Não consigo entender a sua posição de bloqueio da economia.
O anúncio feito por Passos Coelho na passada sexta-feira- dia 8 de Setembro - teve o condão de "incendiar" os ânimos. A proposta de aumento da TSU, que tem tanto de indigna como de pouco clara, e até de legalidade duvidosa, foi a gota de água.
Não cabe aqui, neste espaço, até porque não tenho conhecimentos que o permitam, tecer alargados comentários sobre benefícios ou malefícios das medidas ora propostas 
Passos Coelho, com a sua atitude quase despótica, deitou por terra o consenso social. Provocou e irritou os parceiros sociais, oposição, e até o  seu parceiro da coligação.
Não é crível, mesmo impossível, que ao retirar mais dinheiro dos já depauperados bolsos dos cidadãos, esse fato possa contribuir para um incremento da vida económica. Como comprar sem dinheiro? Como investir sem segurança? Como empreender com obstáculos e bloqueios?
Portugal não pode continuar a viver no "reino do faz de contas"!
Portugal precisa erguer-se, recuperar urgentemente a sua independência económica e financeira!
Portugal precisa de trabalho, de respeito pelo esforço de quem trabalha!
Não é possível que sejam sempre os mesmos a pagar...a serem espoliados dos seus proventos. Não se pode pedir ao povo, que pague uma dívida que não fez...que não é sua, e que esse sacrifício imposto, faça com que aquelas que são as suas efetivas responsabilidades assumidas, fiquem comprometidas e sem possibilidade de serem saldadas.
O PM, Pedro Passos Coelho, mentiu ao país. Afirmou o que não pode cumprir. Está mal aconselhado. Mal assessorado, impreparado.
E o Povo sentiu, sente isso!
Já não acredita, já não aguenta, desesperou!
O Povo saiu à rua!
O povo está ferido no seu orgulho!
Foram chamados de PIEGAS, de BRANDOS....
São constante e maldosamente achincalhados, vilipendiados, ridicularizados... mas resistem...lutam!
As imagens são claras. Não tentem os mal intencionados, fazer crer que os que hoje saíram à rua, são apenas militantes e simpatizantes da esquerda. Não amigos...isso não é verdade! Eu vi...ninguém me contou. Vi pessoas de todas as idades, de todos os quadrantes políticos. Conheço algumas delas. Sei que são partidárias de PSD e CDS. Também eu sou...também lá estive. Não eram figuras de topo...não. Esses não compareceram! E também os outros...que tanto protestam... Esqueceram-se que também são POVO!
Este é o momento!
Nada pode ser mais como antes depois de hoje!

mais sobre mim
Setembro 2012
D
S
T
Q
Q
S
S

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


pesquisar neste blog
 
blogs SAPO